Poema: Sagrada

sexta-feira, junho 05, 2015

Resenha: O Busto de Adão e Outras Poesias, de Bruno Félix

Sinopse:
Com um estilo moderno e irreverente, o autor destila ensinamentos de sabedoria em boa parte da obra, permeada ora por poemas de amor, ora por ácidas e bem humoradas críticas sociais. Tudo isso acontece em uma conexão dos poemas, seja através de lugares e situações, ou de riquíssimos personagens que interagem em diferentes poemas, todos escritos sob o olhar honesto do poeta, ou seja: um espelho de sua realidade e vida. O “Livreto de Sonetos” traz um colorido especial à obra, agradando ao leitor mais purista, não se limitando aos tradicionais sonetos de amor. Antes de finalizar a obra, com os quatro cantos de vinte quartetos, cada da moderna epopeia “O Busto de Adão”, o poeta presenteia o leitor com um suave e surreal “Caderno de Haikai” que apresenta brilhantes metáforas agregando ao livro uma graciosa leveza. As ilustrações de Arthur F. Pádua são poesias à parte, tornando a experiência de leitura ainda mais agradável.



Sobre a Obra:
Título: O BUSTO DE ADÃO E OUTRAS POESIAS
Autor: Bruno Félix
Formato: 130 páginas





Olá Flores,

É com especial alegria que hoje falo desta obra que eu tive o prazer de conhecer e me deleitar na leitura dela e me surpreendendo com a profundidade e singeleza da escrita do autor que transita de forma leve entre vários temas, em alguns momentos o poeta faz um detalhamento destes temas às vezes mudando a óticas ou dando a eles sequencias dividido por capítulos ou mesmo títulos.


O autor à construção de personagens que vão dar corpo e voz ao Eu Lírico poético do autor que faz deste processo algo tão encantador e natural que consegue nos conduzir enquanto leitores nas aventuras contadas versos, rimas e prosas com a mesma placidez com que as margens de um córrego escoa suas águas.

Poeminha Erótico
Ela era fonte,
Eu era sede.
A nossa cama
Era o tapete.

O Sal da fronte
Que escorria
Tocava o ventre:
Era Poesia.
O corpo ardente,
Arte pura:
Ela tela,
Eu moldura.

Que monumental
Aquela cintura...
Eu pedestal,
Ela escultura!
Poema do Livro O busto de Adão e Outras Poesias, pag.22

A obra intitulada O busto de Adão e Outras Poesias que facilmente poderíamos chamar de O Busto de Adão e Outras Esculturas, pois o autor faz esta brilhante analogia entre a poesia e escultura, trazendo reflexões sobre o processo de ambas as artes como uma doação do artista para dar formas e vida a algo preexistente, mas que está submergido e precisa vir à tona.

Bruno fala sobre as coisas simples da vida, sua vivencia na noite e com o blues, nos fala de encontros, desencontros, desconstruções, desmitificações e resgastes necessários.



[...] E só se lembrar do mundo quando as vistas pesarem.
E não se lembrar do peso da morte, mas sim da leveza da vida.
É preciso esquecer o brilho da tela e contemplar o brilho do dia.
É preciso, sobretudo mais amor e menos pressa, mas sabor e muita,  muita festa!
Porque a vida é pouca e a arte é muita, e a arte está em cada suspiro de vida, tipo aquele
                                         Que você sente ao abrir uma carta que chega de longe.                                       Trecho do poema Resgate, pag.20


O livro teve um primoroso acabamento da editora que além das ilustrações de Arthur F. Pádua em praticamente todo o livro, ela também brinca com a fonte da impressão dos textos que imitando os tipos de máquina de escrever confere a obra um aspecto intimista como se o autor tivesse produzido um único exemplar da obra e nós leitores prestigiados em ler seu trabalho, particularmente eu adorei o livro.

O poeta Bruno Félix me presenteou com um pequeno soneto que eu orgulhosamente transcrevo aqui para vocês.
Soneto de Próprio Punho

No mundo sobra poesia
No mundo falta poema
Talvez seja heresia
Talvez seja um dilema

Poesia no mundo grita
Poesia não é problema
Está na fotografia
Está na noite pequena

Em cada vão que alumia
A lua que brilha plena
Poema, poesia escrita

Não pode é sair de cena
Impresso em tinta de fita
Escrito a bico de pena.

Este poema foi datilografado para mim e autografado, lógico guardarei como um tesouro.  Em entrevista concedida anteriormente aqui no blog o poeta Bruno Félix nos fala um pouco como se dá a sua ligação com a leitura e escrita assim como sua trajetória, influencias e identidade. Confira a Entrevista AQUI.



Bem flores, eu concluo por aqui não sem antes dizer que fiquei muito bem impressionada com o trabalho do autor especialmente no texto cujo titulo confere o nome ao livro, O Busto de Adão conta a história deste personagem em media de dezessete paginas toda em estrofes de quatro versos e com rimas surpreendentes, a própria saga contada é uma supressa a parte e muito gostosa de acompanhar.

Abraços Poéticos,


.





Reações:

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. eu gostaria muito de poder conhecer essa obra. Adoro poesia, e sem dúvida, pelos textos que vc postou, percebe-se o talento do autor para escrevê-los...

    ResponderExcluir
  2. humm que maximo este livro
    sua resenha esta otima
    as vezes com pouco tempo para ler um bom livro
    procuro as resenhas para ficar por dentro
    adorei
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Nossa, o livro é bem bonito, e eu adorei as poesias que você colocou aqui. Vou separar o nome desse livro, com certeza! Beijos Lunna!

    ResponderExcluir
  4. Sinto uma paz, uma sensação de "dever cumprido" cada vez que recebo a notícia de que minha poesia atingiu o coração de alguém! Obrigado Lunna pela bela resenha, e por permitir que minha poesia participasse um pouco de sua vida.
    Fica aqui um grande abraço a todas pessoas maravilhosas que acompanham seu blog! (adorei os comentários! :) )
    Prometo que mandarei marcadores de poemas datilografados a todos que pedirem (basta solicitar no formulário de contato em meu site www.brunofelixarts.com)
    Mas peçam um exemplar antes! Aproveitem que tá baratinho e ainda parcelado no cartão no site da Travessa: http://www.travessa.com.br/o-busto-de-adao-e-outras-poesias/artigo/590dccd8-0cda-47fd-8362-3fcffe3741d8
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...