Poema: Sagrada

segunda-feira, agosto 03, 2015

Resenha: O Rapto do Garoto de Ouro, de Marcos Rey

Titulo: O Rapto do Garoto de Ouro
Autor: Marcos Rey
Editora: Editora Ática
Coleção: Série Vagalume

Sinopse:
O Rapto do Garoto de Ouro - Madame Santa, a modista especializada em vestidos de noiva. Mário Batalglia, negociante de cães de raça. Heitor Salvattore, campeão de braço-de-ferro. Zorba, ex-marinheiro e ex-vendedor de enciclopédias. Entre os quatro, há uma coisa em comum: estão todos na lista dos jovens detetives Leo, Gino e Ângela, como suspeitos. Mas qual deles poderia ter raptado o Garoto de Ouro, um jovem cantor que é sequestrado antes de seu show? Como pista apenas uma agenda com nome e endereços.





Olá Flores,

Esta é uma obra a qual foi lida por mim ainda na minha adolescência. A história cheia de aventura que capturou minha atenção e apreço deste que fixei meus olhos na ilustração da  capa. Um jovem com cara de assustado e uma guitarra nos braços e às suas costas uma sombra sinistra e ameaçadora. Logo despertou em mimo desejo de leitura e adentrar nos mistérios da narrativa daquela obra.  
Recordando estes fatos tornou-se natural que novamente eu procurasse o livro para uma releitura e resenha nesta oportunidade. Trata-se de uma obra pertencente a uma coleção que ficou muito conhecida entre os adolescentes e jovens da década de 80 e está justamente neste ano de 2015 sendo relançada pela editora Ática.
Marcos Rey autor deste volume da série O Rapto do Garoto de Ouro, narra a história do adolescente Alfredo, um garoto morador da região central de São Paulo. O menino que é levado pelo tio a um programa de televisão sai de lá aclamado pelo publico após abocanhar o premio de primeiro lugar, um contrato com a gravadora.  Em pouco tempo Alfredo alcança sucesso na carreira de musico e se torna o Garoto de Ouro da musica nacional.
A narrativa começa com Alfredo se arrumando para sua festa de dezesseis anos de idade que acontecerá em uma cantina italiana no bairro do Bexiga São Paulo onde vai receber e cantar para todos os seus familiares e amigos de toda a vida. Porem antes que ele pudesse sair para a festa foi atacado por alguém que se esconde nas sombras, revida o ataque com a sua guitarra que se espatifa e em seguida desmaia. Uma pequena agenda e um botão prateado ficam caídos no chão da sala. Na festa começa uma inquietação com a demora do rapaz.
Um casal de primos de Alfredo é enviado para saber noticia dele e lá chegando eles notam que algo de muito errado aconteceu ali. Leo, o primo de Alfredo encontra a agenda e o botão e os  guarda no bolso. Eles retornam a cantina dando a noticia aos demais amigos e parentes. No final daquela noite Leo verifica a agenda e descobre que a letra não é de Alfredo e deduz ser do raptor.
Alfredo acorda trancafiado dentro do que ele supõe ser uma casa abandonada. Na casa do rapaz estão todos em polvorosa e em busca de noticias e pistas do paradeiro garoto de ouro. O Raptor faz o primeiro contato deixando na caixa de esmolas da igreja uma mensagem: “Exigimos dez milhões, Arranjem o dinheiro o mais depressa possível”. Enquanto os três primos de Alfredo Leo, Ângela e Jaime decidem investigar as pessoas cujos nomes e endereços estão na agenda encontrada na noite do rapto. A primeira visitada é Madame Santa, uma costureira renomada da região. Saem da casa da senhora sabendo que ela tem uma rixa com a mãe de Alfredo, mas não sabem ainda nada a respeito.
O segundo da lista dos três jovens é Mario Bataglia, dono de um canil. Lá eles descobrem que o dono do canil fora acusado de falsificar pedigree e roubo de cães. Mario acaba relatando que escutou a poucas noites Enrico, o salsicheiro mencionar sobre um rapto que aconteceria na região. 
Imediatamente os jovens se dirigiram a casa do salsicheiro, mas chegando lá o encontraram já saindo numa maca e com cabeça arrebentada por uma pancada. O agredido está vivo, mas provavelmente ficará fora de combate por bastante tempo em coma. Ao conversar com “Gente Fina” funcionário de Enrico, Jaime descobre que nenhum dinheiro da salsicharia fora levado. 
Um novo recado do raptor chega a casa da família de Alfredo o Garoto de Ouro, “Se não conseguirem os dez milhões, o garoto de ouro morrerá segunda-feira a meia noite”.  Seu Domingos, o pai de Alfredo começa tenta a todo custo levantar este dinheiro, mas os primos do menino não desistem de tentar a descobrir o paradeiro dele.
Nisto o burburinho já está formado, jornalistas, funcionários da gravadora, empresários, vizinhos, padre, todos especulando e preocupados com o sumiço de Alfredo. Seu Domingos descobre que a família não tem fundos suficientes para pagar o sequestro, mas Jaime o anima dizendo que darão um jeito na situação.
O Rapto do Garoto de Ouro é uma história eletrizante e com inúmeras reviravoltas, descobertas que seguram o leitor do inicio ao fim da narrativa.  Onde as amizades são consolidadas e outras postas em xeque.  Personagens interessantíssimos vão surgindo na trama e cada um contribuindo de alguma forma para que o mosaico das informações se formasse. Era imprescindível que encontrassem o paradeiro de Alfredo.
No cativeiro o raptor fala com Alfredo e este descobre que se trata de um estrangeiro pelo sotaque dele. Seu Alfredo levanta os dez milhões para pagar o sequestro e seguindo as orientações dos sequestradores deixa o dinheiro em local marcado. Neste ínterim Alfredo notando uma brecha na segurança do cativeiro foge e descobre que esta a poucos metros de sua própria casa e então ele corre para lá.
O autor conduz a história de forma que o leitor acompanha todos os passos de todos os personagens e, no entanto não consegue saber como será o seu desfecho. O autor prende a  atenção pela curiosidade despertada por todo mistério que cerca o caso do Rapto do Garoto de Ouro. E nos leva a um final surpreendente.
A partir da leitura desta obra pode-se discutir em sala de aula ou mesmo fora dela questões sócias como, por exemplo, a violência, a segurança pública e a exposição midiática de jovens, crianças e adolescentes.  Também é possível propor algumas dinâmicas de grupo tais como: jogo de memória e siga a pista. Simulações de tribunal com formação de júri. Estas são apenas algumas das muitas possibilidades para intervenção e mediação do ensino e aprendizagem  por meio da literatura e a leitura em sala de aula.

Sem mais, abraços poéticos, 

Acj
Reações:

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Esse livro parece ser ótimo. Estava a procura de livros nacionais e acho que o colocarei na minha lista. Beijo!

    literarizei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parece ser muito boa, amei sua resenha e a história parece ainda mais convidativa! Beijos e parabéns pela bela escrita!

    ResponderExcluir
  3. Lunna, amada. Pela capa eu não dava pelo livro. Claro que me remeteu a época de colégio onde os professores nos davam livros para fazer prova, isso para mim era o Ó, do borogodó....... Hoje, mais madura, e experiente, essas são leituras que tenho vontade de reler..... No colégio não me foi mandado ler esse para prova, acho que isso tornará a leitura mais gostosa, kkkkkkkkkkkkkkk. bju
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, aqui em casa tem uma pilha de livros da coleção Vagalume e li alguns na adolescência. São livros ótimos, cheios de aventura e suspense, assim como esse que você resenhou. Fiquei muito feliz em saber que a editora está relançando. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu lo este livro no colegial......foi o melhor livro que ja lo.....sensacional...prendeu minha atencao.....devorei em cinco dias!!!

    ResponderExcluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...