Poema: Sagrada

sexta-feira, agosto 21, 2015

Resenha: A Filha da Floresta, de Juliet Marillier

Titulo: A Filha da Floresta, série Sevenwaters
Autora: Juliet Marillier
Paginas: 608
Sinopse:
O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.


Olá Flores,

Eu apenas posso começar a falar desta obra dizendo que a fama faz jus a obra e que as minhas expectativas em relação a ela foram totalmente correspondidas. Sim eu fiquei muito empolgada com a leitura e estou ansiosa para ler os demais volumes. Entendam o porquê do meu encantamento.
Em primeiro lugar trata-se de uma obra muitíssimo bem pesquisada e contextualizada que nos mostra uma sociedade e época onde é visível a transição entre as antigas crenças e as modernas advindas com o cristianismo.  Enquanto em Sevenwaters terra de nascimento de nossa protagonista que cultua a antiga religião, tem como sagrado a natureza e tudo que a envolve como personificação da Deusa-mãe, temos por outro lado temos Harrow-field onde reside os bretões e cristãos. A obra cita vários feudos, porém estes são os principais onde se desenrola a maior parte de toda trama.
Claro não se pode falar em religião antiga sem que exista uma mulher forte e determinada a vencer todos os desafios a ela impostos e também neste quesito a obra não decepcionou. Sorcha filha mais nova de sete irmãos foi criada entre eles, amada e protegida, mas tendo livre arbítrio para trilhar seu caminho de aprendizado e crescimento pessoal a exemplo de seus irmãos. Os sete órfãos foram criados por seu pai em um ritmo quase militar visto que viviam momentos de tensão e conflitos por domínio e expansão territoriais.
A obra é leve é apesar de ter momentos de muita dramaticidade, ela nos conduz em uma viagem por descobertas incríveis e puro deleite, apreensão, raiva, revolta, paixão e descobertas.  É maravilhoso acompanhar o crescimento de Sorcha e vibrar com ela a cada passo dado rumo ao cumprimento de seus propósitos. Ao notar o quanto aquela menina carregava em si de sabedoria, força e seguia sua trajetória totalmente convicta de sua identidade e lugar no mundo, eu enquanto leitora eu me sentia impregnada de sua coragem e força de vencer. Posso afirmar que nosso encontro foi mágico, como magico também o é o povo de Sevenwathers e suas florestas, vales, rios, céus, sol, chuva e toda a criatura que ali vive.
Também é lindo ver o relacionamento dos irmãos e os sentimentos que os envolvem como amor, lealdade e fidelidade. A forma como eles se conhecem, se cuidam e se respeitam é simplesmente comovente e enternecedora.
Outro aspecto enriquecedor nesta obra é o costume da contação de história como forma de ensino dos valores e lição de vida. Histórias que são contadas no decorrer da narrativa sendo encaixadas de acordo com os acontecimentos na trama. Esta didática apresenta um costume antigo e que hoje vem sendo resgatado por ser reconhecidamente um modo de envolver aos participantes na escuta porem deixando a eles que tirem suas próprias conclusões e reflexões a partir delas.  Longe do proposito de impor medos às historias nesta obra são inspiradoras a exemplo dos contos épicos na antiga Grécia.


Quanto ao trabalho da editora eu só tenho elogios a fazer. Logicamente estou ansiosa para dar continuidade a leitura de todas as obras desta série e continuar mergulhando cada vez mais fundo no universo magico e misterioso de Sevenwaters.
Flores eu espero que tenham gostado tanto quanto e até a próxima. Abraços poéticos,



Reações:

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...