Poema: Sagrada

quarta-feira, abril 08, 2015

Resenha: Livro 01 da Série Crossfire de Sylvia Day “Toda Sua”



Esta obra da inicio a história e ao romance que surge entre Eva Tramell e Gideon Cross, o encontro dos dois se dá de forma bastante banal porem já logo de cara mostra de que existe uma forte atração sexual entre eles. Recém-formada Eva chega à Nova York vinda do sul da Califórnia onde morava com seu pai, para assumir um cargo de assistente em uma agencia publicitária que fica instalada exatamente em um dos edifícios de propriedade de Gideon e onde funcionam os escritórios das Indústrias Cross. Ver sinopses AQUI.

Como esta série é composta por quatro livros pretendo organizar as resenhas de forma a não ficarem repetitivas; nesta primeira vamos conhecer um pouco mais do universo de Eva e apresentar a personalidade dela mais supérflua juntamente com a forma como ela começa a se relacionar com Gideon e a trazê-lo para seu universo. Assim como também mostrar quem é Eva na visão de Gideon.

Eva é uma jovem de 21 anos, loira e curvilínea o que é justificado pela genética herdada do pai um latino, ela mora em um apartamento com seu melhor amigo e confidente a qual ela considera um irmão, Cary um cara lindo, sexy e bissexual que tem uma importância na trama por sua proximidade com Eva. O chefe de Eva Mark também é muito lindo e mantêm um relacionamento estável desde a época da faculdade com o amor de sua vida Steve um empreiteiro rustico e bonitão.  Steve tem uma irmã Sawana uma ruiva e exuberante que vive com seu noivo e ambos são chefes de restaurante. Tem Megume uma moça muito doce e descendente de asiático, trabalha no escritório com Eva. Ambas, Sawanna e Megume são as novas amigas que Eva conquista em Manhattan.


Eva é filha de um policial, porém sua mãe que por ser de família rica e tradicional havia sido deserdada ao engravidar de Eva e devido a isso ela acaba se separando de seu pai e neste momento já se encontra em seu terceiro ou quarto casamento milionário, sendo assim Eva, como Gideon é podre de rica, mas luta para construir uma individualidade junto com seu amigo Cary é desejo dela vencer por seus próprios esforços. Fico pensando se Eva julga que o fato dela ter 5mil dólares no banco e morar um belo aptº em NY seja um mero detalhe (risos), alfinetadas a parte ela tem sim motivos para lutar por independência e querer conquistar seu próprio espaço.

Para manter a forma física Eva faz academia algumas vezes por semana e isso inclui aulas de krave Maga e para manter a sanidade mental ela faz terapia uma vez por semana. Ela é bonita, rica, muito simpática, bem articulada, considerada eficiente e peça fundamental em seu emprego, inteligente, bem humorada e ainda sabe se defender em qualquer instância.

Acostumada a ser alvo da atenção dos homens Eva estranha à abordagem demasiadamente direta de Gideon.  Definitivamente ele começa a bagunçar a vida e o coração da garota, mas ela mostra que não esta ali para brincadeira e trata de marcar território.

Cross não disse nada enquanto o elevador ainda estava por perto; depois acionou novamente o botão e em seguida perguntou: — Você está dormindo com alguém?.
A pergunta foi feita de maneira tão casual que eu demorei um pouco para registrar o que ele havia dito.
Inspirei profundamente. — Por que está me perguntando isso?
Vi no seu olhar a mesma coisa que havia notado da primeira vez em que nos encontramos — uma energia absurda e um controle absoluto sobre mim. O que me fez dar um passo para trás involuntariamente. De novo. Pelo menos dessa vez eu não caí; já era alguma coisa.
— Porque eu quero comer você, Eva. Então preciso saber se existe alguém atrapalhando meus planos.

Apesar desta forma abrupta dele falar de sexo, tratando como se estivesse em uma reunião de negócios, rapidamente ele nota que ela espera outro tipo de relacionamento e que ele permanecendo nesta postura somente teria a perder. 

Cross se afastou da porta. Agarrando minha nuca e minha bunda, ele me levantou do chão.
— Quero você, Eva. Cheirando a encrenca ou não, não consigo evitar.
Estava inteiramente grudada nele, sentindo cada pedacinho do seu corpo gostoso. Eu o beijava como se fosse comê—lo vivo.

Contudo Eva continua reticente, pois o histórico de Cross era bastante incriminador, sua fama de solteiro mais cobiçado de Manhattan e conquistador inveterado era extensa e Eva não se sentia compelida a confiar nele.

— Você está... Fiz uma pausa. Lindo. Maravilhoso. Deslumbrante. Deliciosamente sexy... No fim, acabei dizendo apenas: — Gostei do visual.
Ele ergueu as sobrancelhas. — Ah, de alguma coisa em mim você gosta. Será que é do pacote completo? Ou só da roupa? Só da blusa? Ou talvez da calça?
Eu não gostei do tom de voz em que ele disse aquilo. — E se eu dissesse que só gostei da blusa?
— Compraria mais umas dez e usaria todo dia.

Mas Gideon mostrava a cada encontro sua necessidade de Eva, desejo de vê-la feliz, de cuidar dela, protege-la e a levar além de seus limites em busca do prazer.

— Shh... Pode deixar comigo. Ele começou a esfregar meu clitóris com o dedão, em movimentos circulares. — Olhe bem nos meus olhos quando gozar pra mim.
Eu estava prestes a explodir, e a tensão só aumentava enquanto ele massageava meu clitóris e enfiava os dedos em mim em um ritmo constante, sem a menor pressa.
— Goza pra mim, Eva, ele ordenou. — Agora.

Eva também começa a se encontrar a ditar seu ritmo tomando iniciativas no relacionamento derrubando uma a uma as resistências de Gideon para se entregar.

Ela é poderosa e Gideon aprende a confiar nela e a precisar dela física e emocionalmente da melhor maneira possível. Conforme pode ser conferido nos três recortes seguintes:

1 - Ele arqueou o pescoço, pressionando o encosto do assento com a cabeça enquanto lutávamos para atravessar barreiras invisíveis. — Nossa, ele soltou através dos dentes. — Vou gozar muito.


2 - Me fode, eu ordenei, incitando—o com os olhos.


3 - — Não arrume desculpas. Ele fechou a cara. — Não é você quem vai dizer se sou ou não capaz de manter esta relação.
Fiquei chateada por tê—lo ofendido. Ele estava se esforçando, e eu precisava incentivar seu comportamento, não criticar. — Não foi isso que eu quis dizer. Eu só não quero sufocar você. Além disso, precisamos...
— Eva. Ele suspirou. Aquela tensão toda o estava deixando exasperado. — Você precisa confiar em mim. Eu confiei em você. Se não tivesse feito isso, não estaríamos aqui agora.


Gideon é protetor com Eva oque causa certo desconforto nela, extremamente carinhoso e cuidador ele também é ciumento, mas Eva também é então fica tudo quites.  Neste momento Eva entende que precisa confiar mais em Gideon para que a relação passe para outro plano.

Ele deixou minha bolsa em uma cadeira perto da cômoda. — Queria que você ficasse à vontade. Pode usar o robe ou alguma roupa minha. Vou abrir uma garrafa de vinho e já volto. Quando quiser, podemos conversar.
— Eu queria tomar um banho rápido antes. Desejei que fosse possível separar o que aconteceu no parque do que eu tinha para contar, de modo que uma coisa não se misturasse com a outra, mas não havia escolha. Cada dia que passasse seria uma nova oportunidade de Gideon descobrir através de outra pessoa algo que precisava ser dito por mim.
— Como quiser, meu anjo. Sinta—se em casa.


Ele deseja Eva na vida dele.


— Faça amor comigo, ele implorou em um sussurro quase sem fôlego. — Faça amor comigo. Toque em mim, meu anjo. Ponha suas mãos sobre mim.


E os dois reconhecem que se amam e se necessitam como a corda e a caçamba. Existe muito mais que jogos entre eles, existe parceria, Mas será que é apenas isso?


— Mas eu também preciso de você, ele disse baixinho.
— Nós precisamos um do outro.


Bem Flores, é isso por enquanto!  No decorrer da semana estaremos tratando de outros aspectos do romance.  Fazer esta resenha para mim não questão de gosto pessoal ou de parceira com Editora para indicação de leitura, antes se trata de um exercício e desafio particular leitura, analise e escrita. O objetivo é compartilhar momentos prazerosos com todes.  Aguardem que tem mais, pois Gideon não cansa nunca! Na definição de Cary, O maratonista sexual.



Abraços Poéticos,
Reações:

Comente com o Facebook:

28 comentários:

  1. Ou Flor! Resenha super completa, e me fez lembrar dele todinho e de quando li a serie. eu adoro essa série, Gideon é meu número, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Vou esperar pelas próximas e ver o que vc vai continuar achando da série. bjs
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
  2. Lunna, o livro é bom mesmo? Eu nunca li, e não me diga que não sabe o que está perdendo...porque acabei de ver isso na sua resenha. Aff! Será que terei coragem para ler? Sério, não faz meu gênero. Sou muito romântica para este tipo de livro. Porém, te digo que fiquei com vontade de ler. Rsrs
    Danne
    Http://danielacorrea2011.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Pois leia simmmm os romances Hots também são romanticos pelo menos a grande maioria o é ... depois me conta bjss

      Excluir
  3. Oi Lunna, tudo bom? Mulher, que resenha bafonica, bem sensual a história! hahahaha
    Eu não curto esse tipo de literatura, então nem vou me arriscar a ler. Mas tenho amigas que adoram dae irei indicar seu post pra fazer elas se jogarem com tudo nesse livro. Inclusive tenho um niver para ir esse fim de semana e comprarei esse livro pq a aniversariante curte demais, ae oh tu me ajudou!
    Bjo lindona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk legal rsrs bjss e espero que sua amiga goste do presente :)

      Excluir
  4. bem, como já tinha falado antes... é um tipo de livro que não me interessaria pra ler de maneira alguma... seria maçante, na verdade... =T
    A história não me prendeu em momento algum, nem pelos recortes que você extraiu...
    enfim...
    bjs, flor...
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. "Porque eu quero comer você, Eva" ai ai ai, eu nunca conseguiria ouvir esse tipo de coisa numa boa. Meu namorado fala isso, mas em tom de brincadeira, porque sabe que se falar sério leva um tapa, haha. Brincadeira. Mas não lido bem com esses termos. Sua resenha tá bem interessante, porém não é um tipo de livro para mim. Hehe.
    Beijos / www.prettythings.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk verdade é uma frase que choca sim mas acho que é também uma forma da autora instigar a leitora a saber como a EVA iria lidar com tamanha arrogância... então é um inicio que para muitas é um atrativo bjss

      Excluir
  6. Oi.
    Bom eu amo os livros da sylvia, esse livro eu não li ainda, já ouvir falar muito bem dele, eu adoro livros assim que os personagens sentem uma louca atração e não consegue resistir... e tals. Eu estou encantada por esse livro, espero em breve ler ele, pois me parece ser um livro bem sedutor e com seu toque charmoso.
    Querida parabéns pela resenha, esta magnifica !

    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie kátia que bom que vc gostou e se tu resolver ler me fala oque achou bjss

      Excluir
  7. Olá flor gostei da resenha o livro me parece ser bom, vou ser sincera não sei se eu consegueria ler, essas literaturas meche muito com a imaginação. Bom mas para quem gosta é uma boa opção. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Renata como vai? então mas mexer com a imaginação não deve ser assim tão ruim não é mesmo? bjss

      Excluir
  8. Na verdade, quem come é a mulher :D O legal dos livros hots é que abre para discussões que eu amo. Achei bem bacana sua resenha, muito objetiva e completa, não fiquei mais com dúvida sobre a obra, inclusive intencionalidade discursiva.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nossa deve ser bem grande mesmo esse livro,
    Interessei em saber mais sobre esse romance
    Parece ser bem no vai e volta dos personagens né?
    Estou gostando
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tem muitos entretantos realmente rsrs bjss e que bom que vc interessou no livro :)

      Excluir
  10. Se esse é o primeiro to aqui imaginando
    o outros, que história interessante
    já querendo ler

    Linda Noite!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk Pois é a tendencia é melhorar tsrs bjsss

      Excluir
  11. Ei Lunna,
    Não sou fã de hot, mas as leitoras da Sylvia Day que conheço falam muito bem dos livros dela, que nesse gênero é uma das melhores escritores. Vou acompanhar suas resenhas mas acho que não irei ler nenhum rsrs.

    Abraços,
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk normal amada mas se resolver ler me fala depois o que achou bjss

      Excluir
  12. Todo o amor do mundo pra essa trilogia. Eu não sou fã desse tipo de literatura, mas li o primeiro volume dessa série e realmente gostei da narrativa dela, da escrita e da construção dos personagens. Tudo muito bem feito e elaborado.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá! Bem, eu não consigo gostar de livros desse gênero, o 'hot'. A linguagem é muito barata, como "pegou na minha bunda" ou "senti cada pedacinho do seu corpo gostoso". Me desculpem aos fãs desse gênero, mas isso é literatura barata e nunca irei ler algum livro com essas narrativas fracas e baratas. Desculpe Lunna pela minha sinceridade, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Se eu tivesse intimidade te diria uma coisa Alle mas enfim deixa pra próxima ou qdo vc for mais velho rsrsr bjs

      Excluir
  14. Olá!
    Li os dois primeiros da 50 tons e gostei bastante! Mas até hoje não tive coragem de ler o último deu preguiça!
    Agora essa série eu sou doida para ler há muito tempo, agora mais ainda!
    Quem sabe não volto para o mundo dos livros Hot! rsrsr

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk pois é quem sabe .. já eu li 50 tons e não gostei ..bjss

      Excluir
  15. Oi Lunna como já tinha dito, apesar de curtir livros hot.
    Não gosto (ou melhor não me atraio) pelos livros dessa autora em especial.
    E pelos quotes que vc colocou, senti essa aversão mais forte.
    Não gostei do estilo da escrita dela.
    enfim... essa é uma leitura que não faria, mas sua resenha está bem completa.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É questão de identificação mesmo Kris ..normal ..bjss

      Excluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...