Poema: Sagrada

sábado, março 07, 2015

A PIRATARIA DAS MULHERES




Muitas de nós assistimos aos filmes da série Piratas do Caribe, Jack Sparrow um pirata espertalhão e desonesto cruzava os mares em busca de tesouros e aventura sem se prender a nenhum tipo de ética, sua lei era a mais antiga praticada na humanidade; faça o que tiver de fazer para obter o que quer.

Porem este mesmo pirata quando se via preso ou acuado sobre ameaça de morte lançava mão de seu Direito de Parole, ou seja, direito de falar com o Capitão do navio e “parolar” com ele usando toda sua astúcia a fim de convencer o Capitão em beneficio próprio, no caso sua liberdade e a manutenção de sua vida.


Assim a Sororidade tem sido usada em alguns meios feministas e por algumas mulheres, que se utilizam deste conceito como uma cartada ser lançada quando bem lhes aprouver. Aquele argumento que vai salva-la quando seu discurso opressor estiver silenciando irmãs, não as deixando ter a voz de sua própria vivencia, julgando-as por ter comportamentos “não autorizados” ou “não apropriados” por ditames da sociedade, sendo que estes tais comportamentos são os mesmos que também condenada a todas nós, sendo assim não se permite ou aceita que cada mulher seja protagonista de sua história e nem que tenha suas vivencias próprias respeitadas. A estas mulheres restando mais uma vez apenas um profundo e dolorido silencio mesmo estando em espaços tidos como feministas.





Também o que se tem visto é uma artilharia pesada e terrível sendo usada entre mulheres que como os piratas parecem estar numa corrida contra o tempo, mas não para empoderar a si e as outras, mas para conseguir cada vez mais poder e status social.  E nesta corrida desenfreada e umbiguista não evitam naufragar os navios umas das outras e no fim quando o fogo amigo é apontado lá vem a tal carta, que antes estava guardada na manga agora sendo jogada em brados e pedidos de sororidade, assim como o “direito de parole” justificando toda e qualquer má ação ou neste caso discurso opressor. Frases de efeito são lançadas como bombas de gás lacrimogênio "Moça, não  somos rivais, somos irmãs", "Empodere duas Mulheres", mas e na prática?


Que a nossa “pirataria” seja contra a nau Patriarcado e sua tripulação machista, nós não precisaremos temer o mar bravio se nos aparelhar juntas para vencê-lo e o enfrentar, nós não precisaremos nos esconder das naus se nos armarmos contra ele e apenas a ele atingir nossos canhões. Sororidade não é direito de parole antes é um sentimento de que somos todas iguais e bandas da mesma laranja salvaguardando oque é intrínseco do individuo. E possamos repensar a forma como a sororidade tem sido vivenciada por nos a final quando terminarmos esta viagem, vamos juntar beber do mesmo cálice de rum sendo este doce ou amargo.



Autora: Ruth C. S. Feitosa 

imagens disponíveis na internet




Reações:

Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Texto perfeito flor, pela primeira vez li um post seu que não era um poema e me surpreendi com a relação que você fez com o personagem do filme e a arrogância de algumas mulheres. Adorei de verdade, até seu jeito de escrever é pura poesia e delicioso de ler. Parabéns!

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol, fico super feliz que vc tenha gostado, valeu o carinho..bjss

      Excluir
  3. Olá Luna!!Que coincidência, hoje no face vi uma blogueira se dizer indignada com outra blogueira por essa lhe propor parceria,indignada eu fiquei com tanta arrogância e prepotência e vejo isso quase todo dia e me assusta eu não ter malicia nem maturidade para lhe dar com isso prefiro me retirar desse meio a conviver com gente assim.
    Mesmo quando não é poema ainda assim reconheço sua escrita rsrsrs...parabéns, post perfeito.
    BEIJOSSsss...

    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é isso sim, não posso dizer que esta prática seja regra mas muito em voga..é como diz minha avó sobre o lema de muitos.."farinha é pouca, meu pirão primeiro"

      Excluir
  4. Você fez uma relação maravilhosa, moça!
    Sororidade é algo ainda complexo, mas a verdade é que muitas mulheres a usam só quando é conveniente, depois oprime outras mulheres. Infelizmente, vejo isso com muita frequência.
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sororidade pode até existir mais não abraça a todas ..é sempre o mesmo seleto grupo, "sororidade de panela", vou criar esta receita rsrs .. é o que tenho visto .. bjss grata por vir me ver rsrsr

      Excluir
  5. Tô digitando com os pés, irmã... Aplaudi forte aqui!!!! Como disse a Lílian, o que se vê é isso aí: Gente lançando "sororidade" na cara dos outros, como se fosse um super trunfo, mas a sororidade é sempre unilateral. Seja minha irmã depois de eu não ter sido a sua é muito mole, né...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk grata amada Amanda e tambem fico num alegria imensa qdo vcs me empoderam assim ..valeu irmã bjss

      Excluir
  6. Estou te Aplaudindo aqui do lado da telinha Querida , Eu adorei o que você postou e isso acontece muito , Infelizmente temos que nos adaptar com a realidade que não é nada boa . :)

    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br/2015/03/resenha-coleira-nana-pauvolih.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia não sei se o melhor para nós seria nos adaptar esta realidade ou buscar / construir encontrar um meio onde a sororidade mutua fosse um objetivo constante... bjs amada :)

      Excluir
  7. Nossa guria, todos aqui aplaudindo de pé, desculpe se estou sendo repetitiva, mais como as gurias acima falaram, arrogância, egoísmo e falta de noção de algumas mulheres chega a ser ridículo.. mesmo não sendo poema foram belas palavras
    beijocas
    jeeh sena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Jeeh, Só posso ficar muito feliz com suas palavras, o objetivo do texto não foi de atacar mas de por em pratos limpos que esta tal sororidade que ai está só tem interessado a algumas .. enfim grata pela sua visita, adorei ! :)

      Excluir
  8. Oie, Lunna!
    Adorei o texto da Ruth. Tão bem escrito que pensei que fosse seu. De modo bem geral, concordo com as palavras, mas não gosto de me eleger como feminista. Pelo menos não as do século XXI. Ser xingada e ler "você tinha de ser estuprada" só por dar minha opinião me fez me afastar bastante delas. Fico feliz de ainda ver remanescentes do feminismo real.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lamentável realmente certas coisas que acontecem, eu fico triste que vc tenha passado por isso, o feminismo deveria ser um lugar de acolhida, claro sempre incentivando umas as outras no sentido de rever discursos e encontrar seu lugar de fala pq isso considero importantíssimo pois existe muito discurso opressor disfarçado de opinião Enfim só posso lhe agradecer a visita e seu carinho bjss .

      Excluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...