Poema: Sagrada

quinta-feira, março 12, 2015

Poema: Bem Ditos






Cuspi no prato que comi

Furei o olho da bananeira

Hoje choro de solidão

E saudade da Mantiqueira



Chamando urubu de meu louro

Chorando feito uma vela

Meu peito é um vale vazio

Pagando na mesma moeda. 




O castigo vem a cavalo

Também pode vir em surdina

Não foi com total surpresa

Que perdi a bela menina



O cachimbo faz a boca torta

E azeda todo o resto

Não quero perder o amor

Daquela que tanto prezo.




Casa de ferreiro espeto de pau

Não quis magoar-te, oh meu bem!

Se hoje me arrependi

É por amar-te como ninguém



O hábito não faz um monge

Mas pode trazer quem eu freira

Eu vou pedir seu perdão

Oh amada Mantiqueira!

Autora: Lunna Marcela

Reações:

Comente com o Facebook:

19 comentários:

  1. Vem pra Minas, amada, e mate a saudades da Mantiqueira, rsrsrsrsrsrrsr. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk opah que horas mesmo passa o trem?? hihihihi bjssss amadinha <3

      Excluir
  2. dito por dito quando se fala ao coração as palavras tem razão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eitaaa sinto um novo poetero kkkkkkkk surgindo na família que coisa linda rsrsrsr bjsssss

      Excluir
  3. nossa, que triste =/
    me deixou angustiada xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk sério mesmo?? não imaginava vc assim tão sensível srsrs bjnnnn

      Excluir
  4. Ola Luna!!!!"Chamando urubu de meu louro", ri litros com essa. esse é o nosso problema só damos valor quando perdemos ai corre lá pedir perdão. ainda bem que eu conheço uma poetiza, que mandar poema é bem mais romântico e esse vai viajar em forma de torpedo.
    BEIJOSSsss...

    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkk bjsss amada, isso aiii rsrs

      Excluir
  5. kkkkkk que linda vc jana sempre bem humorada hihihihi então ontem a noite pensei em brincar com estes ditos ..proverbios e tls akakakakka que bom que vc gostou bjimmm

    ResponderExcluir
  6. Achei legal você ter usado alguns ditados populares como "cuspi no prato que comi" ou "o castigo vem a cavalo" e ainda ter transformado o poema num jeito só seu. :D
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Mariana que bom que vc achou legal, fico muito feliz com isso bjins :)

      Excluir
  7. Que linda brincadeira de palavras, adorei, você soube usar as frases populares em poema emblemático, ficou muito lindo e melodioso, consegui sentir uma música rsrs.
    Beijos minha flor talentosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada josinha rsrs vc como sempre linda ...grata pelas suas palavras ..bjss

      Excluir
  8. Nostálgico e ao mesmo tempo forte, profundo.
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, linda! Muito bonito seu poema, ao mesmo tempo que é saudoso, traz nas entrelinhas a culpa, o reconhecimento, o valor. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saionara que bom vc vindo me ver aqui srsrs gratidão amada e fico feliz que tenha gostado ..bjss

      Excluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...