Poema: Sagrada

sábado, março 28, 2015

Tag: Eu amo Poesia




Olá Flores,


Eu acho que não preciso dizer o quanto sou apaixonada por este gênero literário, a poesia sempre esteve presente na minha vida não apenas lendo, mas também rabiscando alguma aqui outra acolá até que finalmente resolvi criar este espaço na internet não por vaidade e nem com a pretensão de agradar mas com a simples finalidade  de preservar meus escritos em uma plataforma visto que meu computador vira e mexe está dando problemas.


Ler para mim é crucial, mas escrever é libertador, sinto nestes momentos como se eu estivesse falando com as pessoas ou até mesmo gritando a plenos pulmões e se existe algo que possa me privar de sanidade e liberdade este algo seria estar impedida de escrever e ler.  Talvez isso se deva ao fato de minha mãe e avó materna com quem eu fui criada não terem sido alfabetizadas e uma de minhas memorias mais antigas é de minha mãe me dizendo que nada ela poderia me dar, mas me colocaria na escola para ter algo que ela nunca teve.


Eu poderia continuar falando sobre isso, mas o objetivo aqui é apenas introduzir a esta Tag sobre Poesias a qual a Lilian Farias do Blog Poesia na Alma que gentilmente me convidou para participar.  Vamos conferir?




Quantos livros de poesia já li?


R: Comecei lendo não apenas poesia nas bibliotecas das escolas por onde eu passei e depois nas empresas onde trabalhei, sempre que me encontro com uma biblioteca entro para olhar os títulos e achar algo que eu não conheça logo este é um numero que eu não posso precisar.



Quando ouço a palavra poesia, qual o primeiro (a) autor (a) que me vem em mente?



R: Sinceramente já a alguns anos que quase diariamente tem um “espírito” a me visitar e se chama Florbela Espanca. Confira aqui.


Qual foi o último livro de poesia que leu?


R: Li quatro títulos da autoria de Gilka Machado, Cristais partidos, Mulher Nua, Estados da Alma e a Meu Glorioso Pecado, como li indo e vindo à leitura e intercalando os livros, por isso não sei precisar qual teria sido o ultimo, não posso falar nada sobre ela  agora porque em breve saíra  um (vou chamar de artigo) sobre esta poetisa . Aguardem!


Uma poesia que marcou sua vida?


R: A primeira que li na minha vida. Flor Amarela de Cecília Meireles.  Eu tinha um macacão que na época chamavam de jardineira  e  tinha um bolso imitando um vaso de planta e uma rosa amarela de e tecido  bordada saindo deste bolso - vaso  que era o  peito do macacão e eu me sentia a própria Arabela. Algum nota ai algum resquício disso?? kkkkk






A flor amarela

Olha

a janela

da bela

Arabela.





Que flor

é aquela

que Arabela

molha?





É uma flor amarela.

 (Cecília Meireles)








Que poesia seu blog oferece aos leitores?

Navio Negreiro de Castro Alves

[...] Fatalidade atroz que a mente esmaga!
Extingue nesta hora o brigue imundo
O trilho que Colombo abriu nas vagas,
Como um íris no pélago profundo!
Mas é infâmia demais! ... Da etérea plaga
Levantai-vos, heróis do Novo Mundo!
Andrada! arranca esse pendão dos ares!
Colombo! fecha a porta dos teus mares!


Como o Poema é longo deixo este vídeo na voz de Paulo Autran, cenas usadas são pertencentes ao  filme  Amistad que eu super recomendo inclusive para quem ainda não entendeu o que foi o processo de escravidão vivido pelos negros em vários países longe do continente africano.


Uma foto de sua estante poética...

R: Isso  fico  devendo, por não ter estante e  Maria  da Penha ter mastigado meu celular  com câmera, não fosse  estas  traquinagens da Peinha eu ajeitaria os livros em um lugar  bacaninha para  tirar a  foto.

Espero que tenham curtido e deixo um abraço poético em todas.


Reações:

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Olá!

    Eu amo poesia, é um gênero onde você pode oscilar entre o perfeito e o bagunçado, o normal e o exótico, e por aí vai.... adorei seu post!

    Abraços, Heitor
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Cecília é dia, gosto muito dos poemas dela...
    Menina, e esses bichos traquinos, hein???
    Hilda já tentou comer meus livros...
    Também gosto muito de Navio Negreiro.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Querida.
    Eu não eram chegada muito a poesia antes, mas agora sinto que estou mas ligada e apreendendo a gostar mais e mais. Eu adorei as suas respostas, é bom quando apreendemos mas dos nossos amigos da literatura brasileira.

    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá. :)
    Eu sempre achei poesias muito bonitas, mas nunca tive o costume de ler... seu blog está começando a mudar isso, então muito obrigada. :)
    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...