Poema: Sagrada

domingo, março 29, 2015

Séries de TV Que Me Encantam - The Musketereers







Título Original: The Musketeers


País de Origem: UK

Gênero: Séries

Duração: 60 Minutos

Ano de Lançamento: 2014



Sinopse:
Situado nas ruas de Paris do século XVII, onde a lei e a ordem são mais uma ideia do que uma realidade, a série segue a história dos mosqueteiros Athos, Aramis e Porthos, que logo recebem a ajuda do jovem D’Artagnan, para combater o crime. Os Mosqueteiros são comandados pelo Capitão Treville um homem respeitado por todos que o conhecem. Os mosqueteiros são os guarda-costas pessoais do Rei Luís XIII, que confia cegamente nos conselhos do Cardeal Richelieu, um homem extremamente ambicioso e que conta com a ajuda da misteriosa Milady. Ultimamente mais que proteger o rei, também trabalham para a justiça social, por honra, valores, amor e emoção. A série é uma versão contemporânea da clássica história de Alexandre Dumas.



Olá Flores,



Esta é mais uma das séries que me encantam eu vou contar a vocês por que.   É claro que pelo o nome já da pra saber que a série The Musketerees, também é baseada no livro Os três Mosqueteiros como tudo que foi produzido até hoje para o cinema e televisão.


O que me chama atenção logo de inicio é o tom de aventura e dinamismo que dita toda séria desde a abertura, que também deixa bem claro que a série não vai contar a história de três mosqueteiros e que ela vai ampliar este universo, e eles cumprem bem esta promessa.



O contexto histórico da trama permanece conferindo uma veracidade muito grande a série porem os personagens tanto os reais quanto os fictícios apresentam seus matizes e isso os deixa vivos e mais humanos.




O rei Louis continua um jovem tolo, a rainha uma ingênua e doce mulher, Porthos ainda é o fortão, Athos é o atormentado pelo passado, Aramis é o conquistador temente a Deus, Dartagnan o aprendiz afoito.


Porem a serie inova na escolha do elenco e encontramos, por exemplo, Porthos francês descendente de africanos escravizados, nascido liberto e que supera as dificuldades entrando para a ordem dos mosqueteiros.  Além de Porthos outros atores negros fazem o elenco flutuante da série representando os mouros. As questões sociais são bastante abordadas na série.



Athos é o líder nato, mas nem ao menos sua dor particular e desejo de vingança se sobrepõe aos seus valores éticos, a amizade que o une a seus irmãos de armas e lealdade a França.




Aramis continua encomendando as almas que despacha para os céus e seduzindo toda mulher bonita que lhe cruza o caminho, mas ele faz questão de jogar aberto sempre nas duas situações, além dele ter uma história que explica como ele se torna o homem que é.




E Dartagnan o lindo, jovem, intrépido e pau para toda obra como sempre porem desta vez ele não permanece aprendiz por muito tempo e logo se vê totalmente integrado a equipe o que não é seu objetivo inicial, mas acaba se tornando um.




Mas não acaba por ai, nesta série as mulheres estão sempre sendo apresentadas no elenco flutuante, neles vemos mulheres acusadas de bruxaria por seus talentos na medicina, mulheres letradas que afrontam os homens por meramente existirem, mulher que sobrevive do crime, e cada uma delas que se vai ao final do episódio deixa sua marca nos personagens fixos e em mim  e esta variedade de mulheres é muito linda e surpreendente e  este sim é  o principal motivo  que esta série me deixa encantada, sabe vibrando mesmo (risos).




No elenco fixo e desempenhando papeis fundamentais para a trama se destacam três mulheres.  A primeira delas é a Rainha Ana di Áustria, eu disse que ela era ingênua não disse? Mas no decorrer dos episódios ela vai demonstrar que está mais que disposta a mostrar as garras quando preciso e sabendo jogar muito bem o jogo de xadrez, que é a corte francesa onde ela própria é uma peça importante e logo alvo e cobiça de todos. Ela é capaz de fazer o que for preciso para defender seu trono e a França.



Outra mulher é Milady di Winter, uma mulher misteriosa e disposta a usar todas as armas disponíveis sem hesitação, medo ou culpa, ela tanto seduz quanto mata ou rouba tudo para alcançar seus objetivos que muito mais de poder ou status é antes permanecer viva. Nas palavras de Athos, Milady di  Winter tem a natureza de  um escorpião.




E por ultimo, temos a leal, forte, doce e destemida Constance, ela é uma mulher comum dividida entre o peso e cobrança da sociedade e um grande amor proibido.  Mas nada impede Constante de estar ali, lutando, tramando, investigando fazendo todo impossível para ajudar seus amigos a fazer justiça. Cada uma destas mulheres não apenas questionam seus destinos, elas lutam param transformá-lo.





Esta é uma série eletrizante a cada episódio te prende ainda mais, não tem enrolação e um passo em falso custa muitas vidas e vidas importantes então os mosqueteiros e seus amigos não podem jamais falhar em sua missão de proteger a coroa, eles vão desbaratar quadrilhas, evitar assassinatos, injustiça e golpes de estado é muita adrenalina o tempo todo, é muita luta de espada, tiro e barris de pólvora explodindo.



Além disso, os personagens vão demonstrando um crescer emocional e psicológico, um amadurecimento natural e como já disse antes estas mudanças, o encaminhar da vida de cada um que notamos torna tudo muito próximo e verdadeiro.



 Assista ao trailer 


 Série Completa eu vejo aqui.

A série é toda maravilhosa, figurino, música, cenário, locação, fotografia, amo a estrutura e a linguagem bem tranquila de acompanhar...  etc... etc...etc... espero que tenham curtido tudo,   confiram lá ..beijos e até a próxima.
 
Reações:

Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Não conhecia, aliás, conheço poucas séries... Fico viciada nesse troço hehehhee
    Gostei da premissa dessa, vou me informar mais.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito massa Lilian e vale a pena conferir ..bjss

      Excluir
  2. Nunca fui fã dos Mosqueteiros, mas.... a série me parece bem curiosa.
    E nossa, que elenco lindo haha Vira até motivo a mais para acompanhar a série. hahah
    http://www.simplesmenteinsolita.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk sim Ema só tem gato e gata rrsrsr *.*

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lunna, menina eu assisti tantas vezes Os Mosqueteiros, que só de saber que estão dando mais vida às mulheres penso na evolução das séries. Do jeito que era antes me cansava todas aquelas lutas com espadas... Bom, ainda bem que estão melhorando alguns aspectos, uma leve atualização...rsrsrs
    Boa semana para você e até mais!

    http://scraplivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris eu tambem senti isso ..nada daquelas mocinhas toda hora em perigo..aqui as mulheres botam pra quebrar kkkkk bjss

      Excluir
  5. Oi Lunna!

    Acredito que esta série é uma "pré história" de O Homem da Máscara de Ferro neh? Pq conta a história dos mosqueteiros ainda jovens. Eu associei tanto a visão dos mosqueteiros a do Gerard Depardieu, Jeremy Irons, John Malkovich e Gabriel Byrne que tenho medo de assistir a série e não conseguir desfrutar por causa disso. Eu era apaixonada pelo D'artagnan interpretado pelo Gabriel Byrne, a cena do beijo com a rainha eu nunca vou me esquecer, linda demais.

    Gostei muito da sua resenha demonstrando os personagens, e achei demais a descrição que o Athos dá a respeito da Milady di Winter, dizendo que ela tem a natureza de um escorpião.

    http://meninadeparis.com

    Beijos, fique com Deus

    Dayana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dayanna eu também vi os clássicos e com tempo aprendi a separar as obras pq toda arte é inacabada e cabe sempre um novo olhar ... dar lugar ao novo considero super importante e olha o
      dartagnan é um super gato ao que lembra o rodrigo santoro mais novo kkkkkkkkkkkkk bjss

      Excluir
  6. Oie, Lunna!
    Eu adoro Os Três Mosqueteiros, inclusive tenho a intenção de ler o livro há muito tempo, só não sei ainda porque eu não fiz... Acho que vou comprar hoje, a propósito. Não sabia da série The Musketeers, mas já vou assistir porque me apaixonei, especialmente pela inovação dos protagonistas hahah
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Celly então eu estou amando a série justo por estas inovações vale super a pena conferir bjss

      Excluir
  7. Oi Lunna,
    Cada vez mais encantada com as suas resenhas. Parabéns!
    Essa semana foi o último episódio de The Walking Dead, uma série que gosto muito. Agora, só vai passar em outubro e fiquei me perguntando qual serie que irei assistir até aguardar a próxima temporada de TWD? Ai leio a sua resenha que me encantou. Vou separar um tempinho para assistir desde a primeira temporada. Obrigada por compartilhar. Sei que agora terei algo para assistir cheio de aventura e romance.
    Milhões de beijos
    Daniela Corrêa
    Http://danielacorrea2011.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá dani fico feliz que tenha gostado ..bjss confere sim pq eh muito boa :)

      Excluir
  8. Oi, Lunna-flor!
    Adorei a dica! Eu não pretendo assistir à série, mas gostei da sua opinião. Não sou muito fã dos 3 mosqueteiros e, por isso, não acho que me encantaria com a produção. Mas achei genial Athos ser negro. o enredo ser tão dinâmico e as mulheres estarem envolvidas nos episódios. :D Tenho certeza de que, para os fãs, a série é um ótimo entretenimento.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei francine é exatamente isso ver os personagens em novas situações bem bacana mesmo..bjss

      Excluir
  9. ola flora! Mulher, eu estava mesmo a procura de algo para assistir! Encontrei!!! Amo as adaptações cinematográficas dos três mosqueteiros e lógico que vou gostar dessa também! Mas realmente, uma história com mulheres fortes faz toda a diferença! Eu não gosto onde a personagem feminina fica o tempo todo no 'ai, ai, ai' e de enrolação haha!
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisele eu estou adorando a serie sinceramente me divirto muito rsrsr bjss tambem gosto destas personagens femininas que botam pra quebrar kkkk bjjjss

      Excluir
  10. Quando li o livro sobre Os três mosqueteiros me encantei. Acho também que já assisti todos os filmes adaptados, mas infelizmente ainda não vi nadinha da série.
    Como foi bom vir aqui e descobrir mais sobre a mesma. Vou baixar pra seguir também, obrigada.
    Beijos!
    Viviane

    ResponderExcluir

O texto desta postagem foi produzido e elaborado por mim, Lunna Marcela e pensado em você cara leitora. Aqui tento colocar em palavras aquilo que me representa, que possa te alegrar e também representar de alguma forma. Deixe seu comentário pois ele é muito importante para mim....Bls Mil <3

"Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito"

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Editoras Parceiras

Flor Roxa no Face

Autores Parceiros

Google+ Followers

Posts Populares

TOP COMENTARÍSTAS

Estante Skoob

comentáriosface

Tradutor

Descrição do Flor Roxa

Quando falar já não é suficiente para expressar a nossa essência, nós basta viver em poesia constante.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Unordered List

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sample Text

Leve a Flor

Flor Roxa Poemas e Poesias - Dicas para blogs

Theme Download

Marcadores

#brasilemprosa Amor Anderson Henrique As Aventuras de Pinóquio Autor Autor Parceiro Autores Nacionais Beijo blog parceiro book tour Bruno Félix Butterfly Editora Carina Rissi Chiado Editora Concurso Literário Contos Crimes do Tarô Crossfire David Cohen Denuncia Dia dos Namorados Divulgação Editora Ática Editora Biruta Editora Globo Editora InVerso Editora Jose Olympio Editora Mulheres Editora Parceira Eduardo Rossato Em Busca das Borboletas EraEclipse Editora Eykler Simone Feminismo Ficção Flávia Mariano Florbela Espanca Fml Pepper Gilka Machado Golfinhos e Tubarões Happer Lee Herdeiro Sevenwatars Hot Hudson Ribeiro Infancia Infanto-juvenil Izabel Brandão Janethe Fontes Jean Shinoda Bolen Juliet Marillier Lançamentos Leonardo Nóbrega Lilian Farias Literatura Literatura Capixaba Literatura Fantastica Literatura Infanto-Juvenil Literatura nacional Livro de colorir Livros Lost Girl Luta pelo fim do racismo e preconceito na literatura Marçal Aquino Margarida Pizarro Maria Wilker Mitos mudança de vida Mulher Mulheres na Poesia Musica Não Pare Negritude O Mundo Encantado das Cores O Segredo de Índie O sol é para todos Outros Tempos Parceiros parcerias Petit Editora Pettit Editora Play List Poemas poemas autorais Lunna Marcela Poesias Projeto 10x10 Promoção promoção Literária Racismo Ramones Resenha Resistência romance Romance Espirita Romance Hot Sagrado Feminino Sarah Kilimanjaro Série de TV Série Vagalume Sevenwaters sociedade celta. A filha da floresta Sol e Lua Sororidade Sorteio Suzana Albornoz Sylvia Day TAGS Tais Cortez Textos Poéticos The L World The Musketereers Trechos de Musica Vikings What Wonderful World

Copyright © Flor Roxa | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...